A empresa sueca de vestuário H&M anunciou esta quarta-feira, em comunicado publicado na imprensa, a retirada de bolas de futebol disponíveis na secção de bebé das suas lojas devido ao risco de asfixia, prometendo reembolsar quem devolva o produto.

No anúncio publicado na imprensa portuguesa, a empresa explica ter decidido retirar do mercado as bolas de futebol feitas de espuma, com nove centímetros de diâmetro, decorada com o padrão clássico de futebol (branco e preto), disponível na seção de bebé, como medida de prevenção devido ao risco de asfixia.

«O produto pode desfazer-se em pedaços pequenos quando mordido ou beliscado/rasgado. Os pedaços pequenos podem provocar o risco de asfixia», informa a empresa.

Por isso, a empresa sueca pede aos consumidores que suspendam imediatamente o uso daquela bola de futebol (com a referência 0/N 767680/P/N 0212555) e a devolvam a qualquer loja H&M, onde lhes será reembolsado o valor do produto na sua totalidade.

No comunicado que a Lusa cita, a H&M informou ter recebido informações de três casos em que pedaços pequenos do produto se soltaram, mas garantiu não terem sido reportados até ao momento quaisquer danos pessoais, tratando-se uma medida preventiva voluntária.