A PSP da Amadora apreendeu 255 litros de grogue produzido ilegalmente e identificou um homem de 58 anos, suspeito de ser o fabricante daquela bebida típica cabo-verdiana, foi divulgado esta sexta-feira.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, informa que, através da Divisão Policial da Amadora, pelas 12:00 de quinta-feira, na freguesia da Mina de Água, Amadora, procedeu à identificação de um homem com 58 anos de idade, suspeito de produzir ilegalmente grogue, numa destilaria improvisada.

Os materiais e equipamentos usados na produção e comercialização desta bebida alcoólica, feita à base de rum, água e açúcar, foram apreendidos, "totalizando 255 litros de produto".

Após investigação, apurou-se que o suspeito tinha várias plantações de cana-de-açúcar que eram usadas na produção do grogue.

A bebida, produzida em casa com recurso a equipamento próprio e artesanal, era, posteriormente, comercializada.