A Polícia Judiciária deteve uma mulher, de 23 anos, suspeita da morte do filho recém-nascido e abandono do corpo num local ermo, em Santarém, estando indiciada pela prática dos crimes de homicídio e profanação de cadáver.

Em comunicado, a Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo da PJ informa que a investigação realizada após a descoberta do corpo, no final da tarde do passado sábado, permitiu apurar que a mulher, “após o parto, terá provocado a morte ao filho recém-nascido e abandonado o corpo num local ermo”.

O comunicado adianta que os factos terão ocorrido no início da passada semana, no concelho de Santarém, e que a detida irá ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação processual adequadas.

O corpo do recém-nascido foi encontrado numa zona com vegetação, na proximidade de uma casa em ruínas, numa das barreiras da cidade de Santarém.