A imagem de um grupo de cantares alentejanos, pouco antes da inscrição do cante na lista do património cultural imaterial da UNESCO, valeu à portuguesa Beatriz Rocha a vitória na secção juvenil dos Prémios Mundiais de Fotografia Sony.

O prémio será entregue hoje, em Londres, na cerimónia em que são anunciados os vencedores das categorias profissionais.

Beatriz Rocha, de 15 anos, que vive em Évora, onde frequenta o 9.º ano, venceu a categoria Cultura na secção juvenil (até 19 anos), dos Prémios Mundiais de Fotografia Sony, que são considerados a maior competição do género a nível internacional. Era uma dos oito finalistas da categoria.

As secções em competição deste prémio dividem-se em profissionais e juvenis e, por sua vez, em 13 categorias temáticas, que vão desde a paisagem, a arquitetura, a atualidade, à fotografia conceptual, às artes, ao retratos e às viagens, entre outras.

O prémio na categoria Cultura vai valer à jovem eborense uma máquina fotográfica de topo e um 'smartphone' da Sony, bem como a entrada para o prémio de Jovem Fotógrafo do Ano.

Como vencedora da categoria, Beatriz Rocha entrará ainda na competição final do prémio, que será revelada hoje.

Independentemente do desfecho, a imagem de Beatriz Rocha já conquistou a presença numa exposição em Londres, patente ao público a partir de sexta-feira, até a 10 de maio, e num livro a publicar com as melhores imagens da edição de 2015 dos Prémios Mundiais de Fotografia Sony.