“A Direção-Geral da Saúde, em colaboração com o INFARMED e com o apoio da Comissão Técnica de Vacinação, está a analisar a possibilidade de utilização de outra vacina BCG”, refere a DGS, num comunicado publicado na página da internet.




“Apesar destes constrangimentos, as coberturas vacinais têm-se mantido elevadas”, refere, sublinhando que a vacina BCG “não está disponível nos hospitais e centros de saúde desde maio”.