Nove tripulantes, entre os quais um português, foram resgatados de um pesqueiro com bandeira francesa afundado a 160 milhas a norte de Estaca de Bares, em Espanha, anunciaram os serviços de salvamento espanhóis.

A operação foi coordenada pelo centro francês de Salvamento de Cross Etel, com a colaboração do Salvamento Marítimo de Espanha.

Foi usado um helicóptero com base na Coruña (Helmer 401) para resgatar um tripulante, bem como um helicóptero francês para cinco tripulantes, enquanto outros três elementos foram resgatados pelo navio mercante MSC Japan.

O pesqueiro tem a casa armadora registada em O Grove (município espanhol) e o porto base em Bayonne (França).

O Centro de Coordenação de Salvamento (CCS) de Finisterra recebeu o alerta às 21:05 de terça-feira, através de uma chamada do armador da embarcação Gemina, informando que tinha uma entrada de água.

Cinco minutos mais tarde, a tripulação contactava o CCS de Finisterra para solicitar equipamentos de bombagem da água.

O Salvamento Marítimo espanhol, em articulação com o centro francês de Cross Etel, mobilizou o helicóptero Helmer, enquanto as autoridades francesas enviaram outro helicóptero e um avião.

O tripulante resgatado pelo Helmer 401 tem nacionalidade portuguesa, foi transportado para a Coruña e não solicitou assistência médica.

Os outros cinco tripulantes foram transportados no helicóptero francês para Brest e os restantes três elementos que se seguiam na embarcação foram recolhidos pelo navio MSC, que seguiu viagem para Roterdão.