O Departamento de Investigação Criminal de Braga da Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção do presumível autor de um crime de violação, dois crimes de sequestro, coação, ofensas à integridade física e ameaças.

Em comunicado, a PJ refere que os crimes ocorreram na madrugada do passado dia 11, em Barcelos.

Referenciado como pessoa “extremamente agressiva”, o detido ainda “agrediu e privou da liberdade, durante largo tempo, a vítima da violação e uma testemunha, tentando impor-lhes o silêncio”, esclarece a PJ.

Nesta investigação, a PJ de Braga contou com a colaboração da PSP de Barcelos.

O homem, de 28 anos, sem ocupação laboral e com “largo passado criminal” pela prática de crimes contra as pessoas e contra o património, foi presente às autoridades judiciárias competentes, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.