"Arrancámos mesmo há pouco tempo em 21 pontos do país onde os Bancos Alimentares Contra a Fome estão a fazer campanha com os voluntários neste fim de semana", numa campanha que conta com sacos de papel, além dos sacos de plásticos leves, que estão a ser escoados, disse Isabel Jonet.




Isabel Jonet sublinhou que "não é preciso dar muito", mas é preciso serem "muitos a dar" e apelou a mais voluntários nos Açores.










Os voluntários, devidamente identificados, vão estar espalhados por 2.000 superfícies comerciais de todo o país a recolher os alimentos doados, que serão distribuídos posteriormente por 2.665 instituições de solidariedade social que apoiam diariamente 410 mil pessoas carenciadas