Um caixão com uma ossada de centenas de anos foi descoberto este sábado na igreja de S. José dos Carpinteiros, na Baixa lisboeta, comunicou o Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP).

De acordo com a PSP, os funcionários de uma empresa de construção civil que estão a intervir na igreja "estavam a proceder a obras quando uma parede, em madeira, quebrou e se descobriu o caixão".

As caraterísticas do caixão permitiram supor que as ossadas "têm centenas de anos", observou a Polícia.

O caixão, descoberto de manhã, foi removido pela PSP a meio da tarde, depois da devida autorização judicial.

O templo de S. José dos Carpinteiros, na rua de São José, foi elevado a igreja em 1567, tendo sido reedificado após o terramoto de 1755, obedecendo à arquitetura barroca e pombalina.

Foi nesta igreja que foi batizado o poeta Alexandre O'Neill.