Manuel Alegre é o vencedor do XXI Grande Prémio de Literatura dst com a obra "Bairro Ocidental", na qual o júri salientou o "reerguer de uma voz de protesto e de indignação".

Num comunicado enviado à agência Lusa, a organização daquele que já é considerado uma "referência incontornável no panorama cultural português", o Grande Prémio de Literatura dst, explica que o júri destacou ainda na obra premiada o "retrato inconformado da Pátria e das ditaduras" que nos governam, "designadamente a dos mercados" encontrando "evidentes pontos de contacto" com outra obra de Manuel Alegre, a "Praça da Canção", editado há já meio século.

Com um prémio pecuniário de 15 mil euros, o Grande Prémio de Literatura dst, instituído pelo grupo dst, que, segundo o texto, registou na edição de 2016 um recorde de participações, tem um funcionamento rotativo premiando num ano uma obra de prosa e, no seguinte, uma obra de poesia.