Os seis tripulantes da embarcação de pesca ‘Avô Melro’, que encalhou esta madrugada na praia da Arrifana, concelho de Aljezur, foram resgatados pelo helicóptero da Marinha Portuguesa, encontrando-se todos bem, disse o capitão do Porto de Lagos.

Em declarações à Lusa, Carvalho Pinto, comandante da Capitania do Porto de Lagos, precisou que os seis tripulantes foram todos resgatados pelo helicóptero da Força Aérea, encontrando-se a caminho da base do Montijo.

Como estavam condições meteorológicas muito adversas, não foi possível aterrar nas imediações para deixar os pescadores na área, pelo que estes foram transportados para o Montijo. A informação que temos é de que não têm qualquer problema de saúde”, frisou Carvalho Pinto.

De acordo com o responsável, a embarcação “está encalhada em zona de muito difícil acesso, com bastante ondulação”, pelo que as autoridades estão tentar “perceber se há possibilidade de esta sair do local”.

Muito dificilmente conseguirá sair. Está completamente danificada”

Em declarações à Lusa, um responsável da Marinha afirmou que a embarcação "corre o risco" de se afundar, sendo o acesso à mesma dificultado pelas rochas e pelas condições atmosféricas

Desconhecemos os danos que a embarcação tem, mas como está a bater constantemente nas rochas, há sempre o risco de se afundar", disse o comandante da Capitania do Porto de Lagos, Carvalho Pinto.

Uma embarcação de pesca costeira encalhou esta madrugada na praia da Arrifana, na costa vicentina, concelho de Aljezur, no Algarve, com seis tripulantes a bordo.

Segundo avançou à Lusa o porta-voz da Marinha Portuguesa, comandante Paulo Vicente, pelas 05:59 foi recebido um alerta no Centro Coordenação Busca e Salvamento de que uma embarcação de pesca costeira, de nome “Avô Melro”, estava encalhada nas pedras na praia da Arrifana.