As escolas de sete das nove ilhas dos Açores vão estar encerradas, na segunda-feira, face à previsão de um agravamento do estado do tempo, anunciou este domingo a secretaria regional da Educação e Cultura.

As ilhas do grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) estão sob aviso vermelho, na segunda-feira, devido ao vento e à agitação marítima, enquanto as ilhas do grupo central (Terceira, São Jorge, Graciosa, Faial e Pico) estão sob aviso laranja também devido ao vento.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o "forte agravamento" do estado do tempo deve-se a uma depressão em fase de cavamento, com um sistema frontal associado, localizada a sudoeste dos Açores e com deslocamento para nordeste.

Nas ilhas de São Miguel e Santa Maria, o aviso vermelho vigora entre as 12:00 e as 24:00 de segunda-feira (menos uma hora nos Açores), com rajadas na ordem dos 130 quilómetros hora, podendo em alguns locais, devido a efeitos orográficos, atingir os 150 km/hora.

Prevê-se ainda, no mesmo período, a ocorrência de ondas de seis a oito metros, aumentando para nove a dez metros e podendo, pontualmente, atingir os 15 metros.

As ilhas do grupo oriental estão sob aviso laranja (o segundo mais grave) devido ao vento, entre as 09:00 e as 12:00, tendo sido ainda emitido um aviso amarelo para precipitação e trovoada entras as 03:00 e as 15:00 de segunda-feira.

Quanto às ilhas do grupo central, estão sob aviso laranja, devido ao vento, entre as 12:00 e as 24:00 de segunda-feira, dia em que estão ainda sob aviso amarelo para precipitação, trovoada e agitação marítima.

No grupo ocidental (Corvo e Flores), as escolas vão manter-se abertas, havendo, ainda assim, um aviso amarelo face à previsão de trovoada e vento.

Segundo um comunicado divulgado pelo Gabinete de Apoio à Comunicação Social do Governo Regional dos Açores, a secretaria regional da Educação e Cultura dará ao longo de segunda-feira indicações que mostrem adequadas, conforme o evoluir da situação.