O CDS-PP vai propor na próxima reunião da Câmara de Lisboa que a atual Avenida Lusíada passe a chamar-se Avenida Eusébio da Silva Ferreira, segundo um comunicado citado pela Lusa.

No documento, o CDS-PP afirma que esta é a «melhor forma de homenagear toponimicamente o futebolista e marcar assim para a posteridade a sua ligação à cidade de Lisboa».

A proposta tem como signatário João Gonçalves Pereira, vereador na câmara lisboeta e presidente da concelhia do CDS-PP de Lisboa.

Para o vereador, «a dimensão da Avenida Lusíada e a sua proximidade ao Estádio da Luz fazem desta artéria da cidade a mais emblemática e apropriada para homenagear aquele que foi uma das personalidades icónicas do Benfica, da cidade de Lisboa e de Portugal».

Assumindo-se como membro do Conselho Leonino do Sporting Clube de Portugal, João Gonçalves Pereira apresenta esta proposta porque «esta forma de homenagem ao futebolista é algo que extravasa qualquer dimensão clubística», lê-se no comunicado.

«A existência de uma Avenida Eusébio da Silva Ferreira é uma decisão que certamente recolherá a unanimidade dos lisboetas, unidos em torno da homenagem a um dos seus ídolos, tal como foi patente na participação e envolvimento dos muitos milhares de cidadãos que o saudaram pela última vez, enchendo as ruas da cidade e o Estádio da Luz», defende o vereador.

Apesar de «formalmente não ser necessário», João Gonçalves Pereira considera ainda que a direção do Sport Lisboa e Benfica «deve ser ouvida sobre o local que a câmara definir para homenagear Eusébio».