O corpo do jovem de 21 anos que se encontrava desaparecido há cinco dias em Aveiro foi encontrado esta quarta-feira a boiar num dos canais urbanos da ria, disse à Lusa o comandante dos Bombeiros Velhos, Carlos Pires.

Segundo a mesma fonte, o alerta foi dado cerca das 17:00 por um dos operadores de barcos moliceiros que avistou o corpo do antigo estudante da Universidade de Aveiro a boiar na ria, no canal central, por baixo da ponte da A25.

Os Bombeiros Velhos deslocaram-se ao local com uma equipa de mergulhadores e retiraram o cadáver da água.

«O jovem apresentava lesões na face e ainda não estava em decomposição», disse o comandante Carlos Pires, adiantando que o corpo estava preso a uma embarcação.


O cadáver foi identificado por elementos da Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro e foi transportado para o gabinete médico-legal de Aveiro, onde será submetido a autópsia para determinar as causas da morte.

O jovem de 21 anos, natural do Funchal, que frequentou até ao ano passado a Universidade de Aveiro, estava desaparecido desde a madrugada da passada sexta-feira.

O antigo estudante, que viajou da Madeira para Aveiro para visitar alguns amigos, tinha sido avistado pela última vez cerca das três horas do dia 28, na zona de bares da Praça do Peixe.

Antes de abandonar o local, o jovem avisou que ia sozinho para a casa de um amigo, onde iria ficar alojado, e nunca mais foi visto.