Alguns analgésicos solúveis podem, quando tomados regularmente, representar risco para a saúde devido à grande quantidade de sal que contêm, adverte um estudo publicado esta quarta-feira pelo British Medical Journal (BMJ).

Algumas fórmulas destes fármacos efervescentes, se tomados diariamente na sua dose máxima, podem provocar problemas cardíacos e Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC), segundo a investigação, a cargo do médico Jacob George, do Hospital Ninewells de Dundee, na Escócia.

O médico analisou os casos de 1,2 milhões de pacientes no Reino Unido e encontrou uma relação entre o consumo destes fármacos e a incidência de ataques cardíacos e AVC.

A Fundação Britânica do Coração assinalou, no entanto, que a investigação se refere concretamente a pessoas que tomam estes medicamentos diariamente, explicando que se forem tomados ocasionalmente não prejudicam a saúde.

Segundo a investigação, muitos efervescentes têm uma grande quantidade de sal porque, para que possam dissolver-se, devem conter bicarbonato, que costuma ser misturado com sal.

«Sabemos que altos índices de sal causam hipertensão e a hipertensão leva ao AVC», disse Jacob George, sublinhando que há muitas pessoas que compram estes medicamentos sem prescrição médica.

O estudo revela que, em alguns medicamentos, o nível de sódio atinge os 18 mmol (unidade que mede a quantidade de substâncias químicas).

A quantidade máxima recomendada de sódio para um adulto no Reino Unido é de 104 mmol por dia, o equivalente a seis gramas de sal.

A Agência Reguladora dos Medicamentos e Cuidados de Saúde disse que analisará cuidadosamente os resultados desta nova investigação, refere a Lusa.