Um menino de cinco anos foi atropelado, este domingo, por uma viatura ligeira, na localidade de Maçal do Chão, Celorico da Beira, distrito da Guarda, e sofreu ferimentos com alguma gravidade, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

De acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários de Celorico da Beira, Carlos Almeida, o menino "estava a brincar na estrada, que atravessa a localidade, e foi atropelado".

Sangrava com alguma abundância, apresentava alguns ferimentos na cabeça e foi dado como ferido grave. Mas felizmente, no hospital, veio a confirmar-se que só tinha lesões exteriores e não corre perigo de vida", disse o comandante dos bombeiros.

Carlos Almeida adiantou que existiu alguma dificuldade, no local, em diagnosticar a gravidade dos ferimentos, por se tratar de uma criança "que não responde como um adulto ao que está a sentir" e por o menino se apresentar "muito nervoso, desorientado e ansioso".

Desmaiou algumas vezes pela ansiedade e pelo choro", acrescentou.

A criança foi estabilizada e transportada ao hospital da Guarda, depois de assistida por um médico e um enfermeiro de uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e por meios dos Voluntários de Celorico da Beira.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro da Guarda, o alerta foi dado às 18:44 e, no local, além da VMER e duas viaturas com sete operacionais dos bombeiros de Celorico da Beira, esteve a GNR, que tomou conta da ocorrência.