A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção, em Tábua, do presumível autor de um crime de homicídio qualificado na forma tentada, responsabizando-o pelo atropelamento da sua companheira.

Dias antes dos factos, a vítima, de 26 anos, tinha comunicado ao suspeito que pretendia por termo à relação e à coabitação que mantinham há já alguns meses", refere a Diretoria do Centro da PJ em comunicado.

Detido na semana passada, o suspeito "atropelou a sua companheira, de forma intencional e com o objetivo de lhe provocar a morte", acrescenta.

"Terá sido na sequência desse anúncio de separação que o suspeito, quando circulava ao volante de um veículo automóvel, ao ver a vítima a caminhar na berma da estrada, na zona de Tábua, a atropelou voluntariamente e se colocou em fuga", segundo a PJ, que contou com a colaboração da GNR de Tábua na identificação e detenção do condutor.

O arguido ficou em prsão preventiva após ter sido sujeito a um primeiro interrogatório judicial.