Um militar da GNR na reforma morreu, nesta segunda-feira, depois de ter sido atropelado por um motociclo, em Loulé, no Algarve, disse à agência Lusa fonte da guarda.

“O acidente deu-se pelas 13:15, quando o militar da GNR atravessou a avenida Marçalo Pacheco, junto ao Hospital Particular de Loulé, fora da passadeira, e foi colhido pelo motociclo”, afirmou o responsável pelas Relações Públicas do Comando Territorial de Faro.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro disse à Lusa que, após o acidente, a vítima foi transportada para o hospital “em estado grave”, mas acabou por não resistir.

A vítima, com 57 anos, “estava já reformada e tinha exercido funções no posto da GNR de Loulé”, precisou a fonte da Guarda.

O condutor do motociclo que atropelou o GNR na reforma “tem 18 anos e também recebeu assistência médica, tendo partido um pé”, segundo a mesma fonte.