Três jovens foram colhidos mortalmente por um comboio, nesta segunda-feira, no apeadeiro de Águas Santas, na Maia, confirmou a TVI.

A TVI sabe que as vítimas mortais são do sexo masculino, com idades entre os 16 e os 20, uma delas de nacionalidade espanhola, e que estariam a fazer grafítis nas carruagens de um comboio parado, quando foram colhidos por um outro, que circulava no sentido Campanhã-Régua.

Segundo foi possível apurar, dois outros jovens terão fugido do local.

Os cinco terão chegado num carro de matrícula espanhola que se encontrava estacionado do outro lado da linha, confirmaram testemunhas à TVI, que não quiseram ser identificadas. De acordo com os moradores, os jovens chegaram com a cara tapada com lenços.

O acidente ocorreu cerca das 20:30 horas  na linha que faz a ligação Campanhã (Porto) - Ermesinde (Valongo).

Inicialmente havia apenas a indicação de dois jovens colhidos, que tiveram morte imediata, mas o maquinista alertou as autoridades de que seriam três. Só uma hora depois do atropelamento é que foi encontrado o terceiro jovem, que ainda foi alvo de tentativa de reanimação por parte do INEM.

Os corpos foram retirados por volta das 23:30 e foram levados para o Instituto de Medicina Legal para serem autopsiados.


No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Moreira da Maia, o INEM e a PSP.

O caso já está a ser investigado.

(foto arquivo)