Uma das três crianças atropeladas no domingo no concelho de Ourém mantém prognóstico reservado, outra continua com bom prognóstico e uma terceira a recuperar bem, divulgaram esta terça-feira fontes hospitalares.

Numa informação enviada à agência Lusa, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, que integra o Hospital Pediátrico de Coimbra onde estão internadas duas das vítimas do acidente, explicou que uma das crianças está na Unidade de Cuidados Intensivos, onde “continua sob ventilação, sedada e com prognóstico reservado”.

“A outra continua internada no Serviço de Ortopedia a evoluir favoravelmente e com bom prognóstico”, referiu a unidade hospitalar.


Já o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, para onde foi transportada a terceira vítima, esclareceu que esta está “estável e a recuperar bem”.

No domingo, três crianças, entre os 12 e os 16 anos, sofreram ferimentos graves ao serem atropeladas por um automóvel cujo condutor se pôs em fuga, no concelho de Ourém, disseram à agência Lusa fontes da Proteção Civil e da GNR.

O suspeito, de 50 anos, residente próximo do local do acidente, entregou-se na manhã do dia seguinte no posto de Ourém da GNR, tendo sido constituído arguido e presente ao Ministério Público, adiantou fonte desta força policial.

As crianças foram colhidas "quando andavam de bicicleta" por um carro "que se presume ser um Seat Ibiza preto", adiantou no domingo uma fonte do Comando Territorial de Santarém da GNR.

O acidente ocorreu pouco depois das 17:00, na estrada municipal que liga Alvega a Atouguia, e o condutor da viatura abandonou as vítimas, precisou na ocasião uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém.