O livro «Mazagran», de J. Rentes de Carvalho, foi distinguido com o Grande Prémio da Crónica, da Associação Portuguesa de Escritores (APE), no valor de cinco mil euros, foi divulgado esta terça-feira por aquela entidade.

O prémio é integralmente patrocinado pela Câmara Municipal de Sintra e a concurso apresentaram-se 34 obras publicadas em 2011 e 2012.

O Grande Prémio foi atribuído por unanimidade pelo júri constituído pelo jornalista e escritor Francisco Duarte Mangas, pelo investigador e colaborador da revista Colóquio/Letras Manuel Frias Martins e pela catedrática de Literatura Serafina Martins.

Segundo comunicado da editora da obra, a Quetzal, o livro reúne «crónicas publicadas nos jornais holandeses NRC-Handelsblad e Volkskrant».

«O Prémio será entregue, em sessão pública a realizar oportunamente¿, afirma em comunicado a APE.

Anteriormente, com este galardão, foram distinguidos, entre outros, os escritores Maria Judite de Carvalho, Ilse Losa, Manuel Poppe, Álvaro Guerra, Mário Cláudio, Baptista-Bastos, João Barrento, José Cutileiro e Ricardo Araújo Pereira, escreve a Lusa.