era de 47,3% em janeiro e passou para os 47% em março



portugueses gastaram 355 milhões de euros e compraram 676 milhões de embalagensas despesas do Estado foram reduzidas em 600 mil euros