A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar a morte do homem, taxista de profissão, ocorrida na terça-feira à noite, após ter sido atingido a tiro à porta de um café na vila de Monchique, no Algarve.

O caso está a ser investigado para apurar as circunstâncias em que o incidente ocorreu”, indicou fonte da Diretoria de Faro da PJ, contatada pela agência noticiosa Lusa.

O alerta foi dado pouco depois da dez e meia da noite.

O agressor foi imobilizado por populares que assistiram às agressões e ajudaram a controlar a situação até à chegada das autoridades.

A vítima foi assistida no local pelos bombeiros e pelo INEM, mas não resistiu aos ferimentos.

As investigações estão em curso a cargo da Polícia Judiciária no departamento de Investigação Criminal de Portimão.

Na sequência do incidente, foi detido um homem, suspeito de ter efetuado os disparos com uma arma de caça que atingiram mortalmente o taxista de profissão em Monchique.