Hélder Serpa, de 57 anos, tinha-se juntado com os amigos na coletividade Sporting Club para ver o jogo de futebol americano entre os Blue Bombers e Montreal. Quando acabou o jogo, o português, emigrado no Canadá, dirigiu-se a casa e foi esfaqueado no caminho.

O crime aconteceu na cidade de Winnipeg, na madrugada de sábado, e resultou na morte do português. De acordo com a CBC, os dois homens discutiram na via pública e Serpa acabou por ser esfaqueado no tronco, acabando por morrer no hospital. Os motivos da discussão não são conhecidos.

«Esteve aqui a ver o jogo e foi assassinado depois de sair. Não se percebe o que aconteceu», contou Tony Pereira, gerente da coletividade.

Poucas horas após o ataque, a polícia deteve o suspeito do crime na rua, não muito longe da casa da vítima. Matthew James Sellner, de 35 anos, é suspeito de ter esfaqueado o português e é conhecido da polícia devido aos seus antecedentes criminais. Segundo a polícia, vítima e agressor não se conheciam.

Hélder Serpa, solteiro e sem filhos, vivia com a mãe e dois irmãos, trabalhava na construção civil no Canadá.