Em comunicado, a PJ refere que o suspeito atuou acompanhado de um familiar e de um menor seu amigo, tendo por alvo bens e valores na posse de uma mulher que se prostituía na via pública.

"Fazendo-se passar por clientes, em conluio com os coautores, o suspeito transportou a vítima para um local isolado, onde procedeu ao roubo do dinheiro, telemóvel e outros valores na posse daquela", acrescenta.

O coautor de maior idade já tinha sido detido pela PJ em 2014, tendo sido julgado e condenado em 2015 a uma pena de prisão efetiva de 6 anos.

O homem agora detido, de 29 anos e polidor de profissão, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das respetivas medidas de coação.