Uma cidadã portuguesa foi baleada mortalmente, na passada quinta-feira, num assalto à porta de uma dependência do Banco de Poupança e Crédito em Maianga, Luanda.

Os assaltantes seguiam numa motorizada, obrigaram a vítima a parar no passeio e a entregar os valores. A vítima, uma pequena comerciante, resistiu e os assaltantes dispararam, atingindo a mulher com um tiro no peito.

Os assaltantes vasculharam o corpo da vítima e retiraram uma carteira com pouco dinheiro. O facto de a vítima ter acabado de sair de uma dependência bancária terá levado os suspeitos a pensar que estaria na posse de um montante maior.

Segundo o site «Angola24», a polícia angolana procura agora os dois homens suspeitos de terem cometido outros crimes semelhantes.