A proprietária de um café em Moledo, no concelho de Caminha, teve de receber tratamento hospital na sequência da agressão de que foi vítima, sábado à noite, durante um assalto à mão armada perpetrado por três indivíduos.

Segundo adiantou à agência Lusa fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, o assalto ocorreu cerca das 20:40 horas naquele estabelecimento comercial situado junto à estação de caminhos de ferro de Modelo, uma zona central e movimentada da freguesia de Moledo.

A mesma fonte adiantou que os três indivíduos entraram no café «de cara descoberta» e, segundo o testemunho de pessoas que se encontraram naquele espaço, «exibiram uma arma de fogo» e ameaçaram a proprietária, que acabariam por agredir.

Aquela fonte adiantou que os três homens «desconhecidos quer pela proprietária quer pelas testemunhas que presenciaram a ocorrência» roubaram dinheiro, cuja quantia não foi revelado, «e colocaram-se em fuga».

A GNR, que tomou conta da ocorrência, «continua a fazer diligências para tentar encontrar os três indivíduos», mas por ter envolvido arma de fogo, a investigação do caso transitou para a alçada da PJ, «que já se encontra no local».

Ao local compareceu uma ambulância do Instituto Nacional de Emergência Médica, operada pelos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora, no concelho de Caminha.

Fonte daquela corporação adiantou que a proprietária do café sofreu ferimentos na cara, tendo sido socorrida no local e transportada ao hospital de Viana do Castelo.