A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um jovem de 19 anos suspeito da coautoria de “vários crimes de roubo à mão armada a postos de abastecimento de combustíveis e estabelecimentos de restauração” no Norte do país.

Em comunicado, a PJ diz que o detido está ligado a um “grupo criminoso" responsável por "mais e uma dezena de crimes", nomeadamente "de roubo com utilização de armas proibidas”, desde o início do ano, em Santo Tirso, Trofa, Famalicão, Vila do Conde e Maia.

A PJ deteve mais um elemento do grupo que, em agosto, já tinha sido alvo de uma operação que levou à detenção de cinco homens e uma mulher pela presumível autoria de vários crimes de roubo agravado, furto, dano, detenção de armas proibidas e condução sem habilitação legal”, esclarece aquela polícia.

De acordo com a PJ, a detenção do jovem de 19 anos ocorreu “na sequência das diligências que permitiram a identificação do suspeito como coautor de vários crimes de roubo à mão armada a postos de abastecimento de combustíveis e estabelecimentos de restauração”.

Os indícios recolhidos na investigação apontam no sentido deste grupo ter efetuado mais de uma dezena de crimes, essencialmente de roubo e furto de viaturas, designadamente em Santo Tirso, Trofa, Famalicão, Vila do Conde e Maia”, acrescenta a PJ.

Segundo a PJ, o detido, que não tem ocupação laboral nem antecedentes criminais, vai ser presente a um primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.