Quatro homens armados e encapuzados assaltaram ao final da manhã desta segunda-feira uma ourivesaria no centro de Vila Pouca de Aguiar, tendo levado uma grande quantidade de material, apurou a agência Lusa junto de testemunhas no local.

O assalto ocorreu cerca das 12:00, numa rua de trânsito condicionado, localizada mesmo no centro desta vila do distrito de Vila Real.

No local já se encontram militares da GNR a recolher testemunhos e indícios.

Cândida Dias estava na sua loja quando viu parar um carro em frente à ourivesaria, viu abrir as quatro portas e de lá sair quatro homens encapuzados que entraram no estabelecimento comercial.

Os suspeitos, que estavam armados, partiram as montras com uma marra, que deixaram no local, e levaram uma grande quantidade de joias e outro material.

No momento em que decorreu o assalto apenas o proprietário se encontrava dentro da ourivesaria.

Cândida Dias afirmou à agência Lusa que o assalto deve ter «demorado para aí dois minutos», tendo visto depois os homens a entrar de novo no carro com uma «grande saco» e a colocaram-se de imediato em fuga.

Esta testemunha referiu que os suspeitos fugiram num «carro de cor clara».

«Quando os vi encapuzados comecei a gritar e vieram algumas pessoas que estavam no café, mas foi tudo tão rápido. Foi um susto muito grande», frisou.

Algumas testemunhas ainda perseguiram o carro dos suspeitos, mas estes conseguiram fugir.