A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção de duas pessoas por alegadamente terem sequestrado e roubado um homem numa mata do concelho de Mira, recorrendo à violência.

A PJ, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, deteve «fora de flagrante delito» dois homens, de 29 e 32 anos, que terão perpetrado os crimes, no domingo, em Portomar, naquele concelho do distrito de Coimbra.

«Os suspeitos residem naquela zona e um deles, o mais novo, tem antecedentes criminais por crime violento, pelo qual cumpriu pena de prisão», disse à agência Lusa uma fonte policial.

Em comunicado, a PJ afirma que a vítima «foi abordada à porta de um estabelecimento comercial» e depois transportada numa viatura para a mata, onde «foi agredida e manietada, socorrendo-se os autores de uma navalha, de um bastão e de uma garrafa de vidro», com que ameaçaram e feriram o sequestrado.

«Foram-lhe retirados um telemóvel e todo o dinheiro que trazia consigo», uma importância que não era elevada, segundo a fonte da PJ.

Na sexta-feira de manhã, os detidos vão ser ouvidos no Tribunal de Instrução Criminal de Coimbra, para aplicação das medidas de coação.