A Polícia de Segurança Pública (PSP) continua, esta segunda-feira, a procurar as cinco pessoas que fugiram após o assalto a uma superfície comercial no Barreiro, no sábado, que resultou numa vítima mortal e três feridos, disse à Lusa fonte policial.

Ainda estamos a tentar localizar os assaltantes em fuga. O caso está agora entregue à Polícia Judiciária", referiu a fonte.

Cinco dos sete autores do assalto ao hipermercado Continente localizado na Verderena (distrito de Setúbal), na noite de sábado, conseguiram fugir.

O grupo assaltou a superfície comercial cerca das 23:30, perto da hora de fecho. O primeiro carro patrulha a chegar ao local foi alvejado.

O carro patrulha tem marcas de projétil e os elementos da PSP, para se defenderem, usaram as armas de fogo e houve uma troca de tiros. Da troca de tiros resultou um morto e um ferido, que foi para o hospital, e presume-se que estejam cinco em fuga", disse na altura o superintende Viola Silva.

Os dois elementos policiais que chegaram em primeiro lugar ao local também sofreram ferimentos - um deles foi mesmo atropelado pelos suspeitos -, mas já estão a recuperar.

Os assaltantes atuaram com gorros, luvas e coletes à prova de bala.

A PSP recuperou uma pistola, um revólver, uma metralhadora e uma ‘shotgun’.

Foi uma situação muito grave, os assaltantes estavam fortemente armados e atacaram a PSP a tiro. É gente muito perigosa", salientou.

Junto ao hipermercado, na estrada, estava um carrinho de compras com o dinheiro que terá sido roubado, espalhado na via, bem como uma das viaturas utilizadas pelos assaltantes, com marcas de tiros, junto à qual se encontrava o corpo do assaltante morto.

O suspeito ferido – com gravidade - foi transportado para o hospital de Santa Maria, em Lisboa.