A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta quarta-feira, a detenção dos presumíveis autores de um assalto à residência de um idoso, em Penafiel, em janeiro.

De acordo com um comunicado daquela autoridade policial, o assalto terá sido praticado por um grupo conhecedor de que o idoso, que vivia sozinho na localidade de Castelões, teria em casa bens e valores avultados.

No início daquele mês, os suspeitos «participaram num primeiro roubo ao referido idoso, apoderando-se de dinheiro, objetos em ouro e uma arma de caça».

No dia seguinte, segundo aquela autoridade, dois dos suspeitos, «pensando que teriam condições para se apropriarem de outros valores, juntamente com dois novos elementos, decidiram concretizar um novo roubo ao mesmo idoso».

Contudo, os quatro assaltantes foram detetados pela vítima que «disparou um tiro com uma arma de fogo», atingindo um deles.

«Atendendo à necessidade de tratamento médico urgente, os coarguidos viriam a transportar o ferido para um estabelecimento hospitalar, declarando aqui ter este sido vítima de um roubo ocorrido na cidade do Porto», assinala-se ainda no comunicado da PJ.