Quatro a cinco indivíduos estão a monte desde as 15:00 de hoje, após terem assaltado uma carrinha de tabaco em trânsito na Autoestrada 23 (A23) na zona de Mouriscas, Abrantes, disse fonte da GNR.

"O condutor da carrinha de tabaco foi ameaçado com uma arma de fogo e mandado encostar na berma da A23, tendo os assaltantes levado consigo dinheiro, telemóveis e a chave da viatura, deixando o condutor preso na parte de trás da carrinha", disse à Lusa a capitão Irina Pinto, comandante do Destacamento Territorial da GNR de Torres Novas.

Segundo a mesma responsável, o grupo de assaltantes "não levou tabaco e colocou-se em fuga pela A23, estando a monte desde então".

O condutor, que não foi agredido, conseguiu pedir ajuda a um outro condutor, que o libertou e emprestou um telemóvel que serviu para dar o alerta às autoridades, segundo a capitão.

Irina Pinto disse ainda que uma carrinha com características semelhantes às que haviam sido descritas às autoridades foi intercetada no Entroncamento, mas "no seu interior não foi encontrado o produto do roubo e os elementos detidos acabaram por ser libertados", depois de interrogados.

Fonte do Comando da GNR de Santarém disse à Lusa que "uma carrinha com características semelhantes já havia perseguido e tentado assaltar uma outra carrinha de transporte de tabaco, em Pernes", também no distrito de Santarém, mas que o condutor, "ao aperceber-se das intenções seguiu direito ao posto da GNR" mais próximo.

Por envolver arma de fogo, o caso foi entregue à Polícia Judiciária, entidade que ficou responsável pela investigação.