O Tribunal de Guimarães condenou esta quartafeira um homem de 21 anos a cinco anos e nove meses de prisão por seis roubos simples e um na forma tentada a portagens em Braga, Barcelos e Guimarães.

O indivíduo estava acusado de sete assaltos à mão armada mas o tribunal desagravou o crime, uma vez que a arma utilizada era uma réplica.

Além da pena de prisão efetiva, foi ainda condenado a pagar 2.953 euros à concessionária das autoestradas cujas portagens assaltou.

Entre novembro de 2014 e janeiro de 2015, o homem assaltou as portagens das Autoestradas A11 E A7 nas zonas de Braga, Barcelos e Guimarães.