Um dos jovens condenados pelo assalto que acabou na morte trágica de dois polícias e que foi outra vez apanhado a roubar na terça-feira vai ficar em prisão preventiva.

Evandro Borges, de 17 anos, foi detido na terça-feira de manhã quando assaltava uma residência na Apelação, na zona de Loures.

A TVI apurou que uma moradora no local viu três jovens em cima do telhado da residência. Evandro foi detido dentro da habitação por agentes da esquadra de Camarate. Um outro assaltante também foi detido, mas como não tinha antecedentes criminais ficou sujeito a apresentações periódicas às autoridades. Já o terceiro jovem continua a monte.

Este é o segundo roubo em que o jovem de 17 anos participa no espaço de poucos dias. O primeiro, a 25 de fevereiro, teve grande exposição mediática porque acabou de forma trágica na morte de dois polícias. Os agentes da esquadra de São João da Talha, de 23 e 26 anos, perseguiam Evandro e um segundo suspeito do assalto, mas acabaram colhidos por um comboio.

Os dois suspeitos foram condenados pelo Tribunal de Loures: Evandro a nove meses de prisão a cumprir aos fins de semana e o segundo jovem, de 19 anos, a sete meses de pena suspensa, ao pagamento de 1.000 euros de multa, pelo crime de arma proibida, e a uma indemnização de 150 euros ao proprietário da residência que sofreu uma tentativa de assalto. Os suspeitos não compareceram à sessão do tribunal.