O suspeito de roubar e sequestrar a proprietária de uma residência em Valpaços, em outubro de 2013, depois de ter saído há uma semana da prisão, foi agora detido pela GNR de Chaves, avançou esta quarta-feira à Lusa fonte policial.

O alegado assaltante de 39 anos, natural e residente em Valpaços, foi, segundo a fonte, detido pelos militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Chaves quando fazia análises num laboratório da cidade.

A 11 de outubro de 2013, o suspeito sequestrou e roubou a proprietária de uma casa em São João de Corveira, Valpaços, distrito de Vila Real, e ameaçou-a com uma faca para obedecer às suas ordens.

Na altura do crime, o homem, que havia saído da prisão há uma semana, após cumprir pena por furto e roubo, pôs-se em fuga e, apesar da perseguição e cerco policial, manteve-se a monte até agora.

Segundo a fonte, após várias diligências policiais infrutíferas no país, a GNR pediu colaboração internacional, tendo o suspeito sido localizado, em finais de janeiro, na Suíça.

No seguimento das investigações, levadas a cabo pelo NIC de Chaves, verificou-se que o indivíduo havia regressado a Portugal, tendo sido detido no interior de um laboratório de análises.

Além da detenção, os militares da GNR apreenderam uma viatura, uma navalha e um par de luvas.

O detido, indiciado pelos crimes de roubo, furto e burla, já foi presente ao Tribunal Judicial de Valpaços, que determinou que aguardará julgamento em prisão preventiva.

No dia do sequestro, enquanto o presumível ladrão furtava os objetos, a vítima, que não sofreu ferimentos, conseguiu fugir e pedir ajuda a familiares que deram o alerta à GNR.

O suspeito furtou um LCD, «pequenos» objetos e um carro, usado na fuga, recuperados, posteriormente, pelas forças policiais.

No dia do assalto e na mesma localidade, os militares recuperaram ainda outro carro, furtado em Pedras Salgadas, que estava escondido numa zona florestal e que era usado como meio de transporte pelo detido que, habitualmente, abastecia sem pagar.