Um incêndio em Asfamil, Rio de Mouro, Sintra, mobilizou dezenas de operacionais para combater as chamas, a partir das 15:00 da tarde, mais ou menos, sendo que às 17:30 já se encontrava em fase de rescaldo.

À TVI24, a corporação de bombeiros de Agualva-Cacém indicou que o fogo começou na zona da Quinta da Estribeira, junto a habitações.

Dessa corporação seguiram cinco efetivos para o teatro de operações, mas mais homens de outras corporações foram mobilizados. A página da Proteção Civil chegou a indicar que foram destacados 65 operacionais, no total, auxiliados por 18 meios terrestres.

Foi o incêndio que, a meio da tarde, mobilizou mais meios no distrito de Lisboa. Pelas 17:30, já estava em fase de rescaldo e os bombeiros acreditavam que, se as condições atmosféricas se mantivessem, a fase de recaldo poderia demorar cerca de duas horas mais.

Há pelo menos um ferido a lamentar, um bombeiro que, na sequência de uma queda, fez um traumatismo e teve de ser transportado para o Hospital Amadora-Sintra.