A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 31 toneladas de carne de coelho, num valor de 47 mil euros, que estavam congeladas numa câmara "sem as mínimas condições" numa unidade industrial de entrepostagem frigorífica em Estarreja.

Em comunicado, a ASAE explica que desencadeou, na semana passada, através de brigada especializada de fiscalização das indústrias de produtos de origem animal da Unidade Regional do Norte, uma ação de fiscalização dirigida a uma unidade industrial de entrepostagem frigorífica, centro de reacondicionamento e sala de desmancha de carnes, localizada no concelho de Estarreja.

Durante a ação de fiscalização de segurança alimentar, a ASAE constatou que a armazenagem/entrepostagem de carne de coelho congelada e embalada em caixas de cartão fechadas "era efetuada numa câmara de conservação de congelados sem condições mínimas para a eficaz aplicação dos procedimentos de higiene e segurança alimentar".

A ASAE determinou a suspensão da atividade e instaurou o respetivo processo de contraordenação.