A chuva intensa que caiu durante toda a noite provocou muitas inundações na via pública, em habitações e estabelecimentos comerciais por todo o distrito do Porto, registando-se uma situação grave na Trofa, com o aluimento de várias ruas.

Se tem fotos envie para euvi@tvi.pt

Fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto disse hoje à agência Lusa que na Trofa aluíram partes de três vias municipais, tendo numa delas danificado vários automóveis que se encontravam estacionados.

Estas situações ocorrerem nas ruas 1.º de Maio e 25 de Abril, na União de Freguesias de Alvarelho e Guidões e na Avenida Maganho, em Bougado.

De acordo com a mesma fonte, registaram-se também muitas inundações em Lavra, com várias vias inundadas em Matosinhos e em Vila do Conde. Por todo o distrito há ainda o registo de várias quedas de árvores.

Na cidade do Porto, os Bombeiros Sapadores registaram mais de 26 ocorrências desde as 20:00 de segunda-feira e as 07:00 de hoje. A maioria das situações relacionou-se também com inundações na via pública, em habitações e em estabelecimentos comerciais.

Na rotunda da Boavista caíram várias árvores, assim como em outros pontos da cidade, algumas das quais danificaram viaturas.

Em Gaia, segundo os Sapadores, o caso mais grave tem também a ver com a queda de árvores de grande porte, uma das quais sobre a A1, junto à saída de Santo Ovideo, que obrigou ao corte parcial daquela autoestrada. A circulação foi entretanto restabelecida.

De acordo com as fontes contactadas pela Lusa, não há registo de famílias desalojadas no distrito do Porto devido ao mau tempo.