A atividade gripal na região Norte “está em franco crescimento”, prevendo-se o seu aumento durante as próximas semanas, segundo refere um comunicado da Administração Regional de Saúde (ARS), que recomenda medidas contra a transmissão de doenças contagiosas do aparelho respiratório.

Em comunicado, a ARS-Norte “reforça as recomendações da Direção-Geral de Saúde”, que aconselha, entre outras medidas, a vacinação contra a gripe a grupos de risco e o contacto com a linha 24 ou centro de saúde em caso de “sintomas sugestivos de gripe” como febre, tosse, dores de garganta, dores de cabeça e dores musculares.

Ao espirrar/tossir cubra a boca/nariz, com um lenço/toalhete descartável ou, em alternativa, use o braço ou manga para evitar contagiar outras pessoas”, aconselha a ARS.

Outros dos conselhos passam por lavar as mãos com frequência, "para evitar que mais pessoas fiquem doentes”, além do reforço “do consumo de bebidas quentes, de frutos e de hortícolas” e de se evitar "o consumo de bebidas alcoólicas, dado que estão associadas a vasodilatação e potenciação da perda de calor”.