A Unidade de Controlo Costeiro da GNR anunciou esta sexta-feira a apreensão de 1,5 toneladas de haxixe numa embarcação abordada pelas autoridades espanholas, no âmbito de uma operação conjunta realizada junto à fronteira entre o Algarve e a Andaluzia.

A operação decorreu durante a manhã com o Serviço Marítimo de Huelva e a Companhia de Isla Cristina da Guardia Civil.

Os militares do Controlo Costeiro da Guarda Nacional Republicana alertaram para “movimentos suspeitos ao largo de Isla Cristina”, município costeiro da província de Huelva situado a cerca de 20 quilómetros da fronteira com Portugal.

Após a fiscalização de embarcações na barra do rio Guadiana e nas imediações do porto de pesca Isla Cristina, a Guardia Civil espanhola apreendeu uma embarcação de pesca atracada no porto que “continha no seu interior 50 fardos de haxixe, cerca de 1.500 quilogramas”.

A mesma fonte sublinhou que “as apreensões têm um valor aproximado de quatro milhões de euros”.