A Polícia Judiciária (PJ) da Madeira anunciou hoje que apreendeu, no domingo, 132 quilogramas de cocaína a bordo de um navio de cruzeiros atracado no porto do Funchal.

Em comunicado, a PJ acrescenta que foram detidos três homens de nacionalidade estrangeira, de 29, 32 e 33 anos, dois em flagrante delito e um fora de flagrante delito, «pela presumível autoria do crime de tráfico de estupefacientes».

Segundo esta polícia, «a droga, que foi embarcada na América Latina, estava distribuída e dissimulada no interior de mochilas, junto ao corpo de dois indivíduos e num camarote do navio».

Os detidos serão presentes às autoridades judiciárias competentes para eventual aplicação de medida coação.

De acordo com uma fonte da PJ, os três homens encontram-se no Estabelecimento Prisional do Funchal «não havendo [até ao fim da tarde] decisão quanto às medidas de coação».

A droga encontrava-se a bordo do navio «MSC Poesia» que fez escala no Porto do Funchal vindo de Canárias, tendo partido para Vigo no final da tarde de domingo.

O cruzeiro teve início na Argentina, passou pelo Brasil, pelas Canárias, Funchal e prosseguiu para Vigo.

«Dado o volume de droga não nos parecesse que se destinasse ao mercado local», indicou à Lusa fonte da PJ.

Em 2013, houve também se registou a apreensão de 24 quilogramas de droga num navio de cruzeiro que fez escala no Funchal.