O destacamento de Ação Fiscal do Porto da GNR anunciou esta terça-feira a apreensão de cerca de 3.000 litros de álcool etílico, no valor de 48 mil euros, e a detenção de dois indivíduos, numa ação de controlo de viaturas.

Em comunicado, a GNR refere que o álcool apreendido na segunda-feira, no âmbito de uma ação de controlo de veículos nos principais acessos/saídas à cidade do Porto, «circulava numa viatura de mercadorias de matrícula espanhola sem se fazer acompanhar de qualquer documento de transporte fiscal ou aduaneiro».

Desta operação resultou a detenção de dois homens de nacionalidade espanhola, que foram «constituídos arguidos e notificados para comparecerem no Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia».

A viatura em causa foi também apreendida.

A GNR refere ainda que o álcool apreendido, que foi «detetado numa ação de controlo de veículos nos principais acessos/saídas do Porto», representa «um crime tributário aduaneiro de ¿introdução fraudulenta no consumo¿», por violar o Código dos Impostos Especiais de Consumo.

«O valor da prestação tributária em falta» é cerca de 44.000 euros, afirma a GNR, segundo a Lusa.

A operação em causa - «SeatBelt» - teve início na segunda-feira e decorrerá até domingo.