A GNR anunciou esta quinta-feira ter apreendido mais de duas toneladas de amêijoa japónica, avaliadas em cerca de 17 mil euros, em ações que decorreram em vários locais do distrito de Setúbal.

"Os militares do Destacamento de Controlo de Lisboa apreenderam 2.140 quilogramas de amêijoa japónica, fruto de diversas ações de fiscalização realizadas no distrito de Setúbal. A operação teve como objetivo detetar infrações relacionadas com a pesca profissional, arrasto e transporte ilegal de bivalves", refere a GNR em comunicado.

Nas zonas do Lavradio, concelho do Barreiro, e Azeitão, concelho de Setúbal, foram detetadas viaturas a efetuar o transporte de bivalves, sem o documento de registo obrigatório, tendo os bivalves sido apreendidos.

Já no Samouco, concelho de Alcochete, foi detetada uma viatura a efetuar o carregamento de bivalves apanhados no estuário do rio Tejo.

"O infrator era possuidor de documento de registo para transporte de bivalves, mas os mesmos continham diversas incorreções no seu preenchimento, mencionado que teriam sido capturados e carregados em outra zona", acrescenta a GNR.

A guarda identificou os infratores e elaborou os respetivos autos de contraordenação, com os bivalves, por se encontrarem vivos, a serem devolvidos ao habitat natural.