A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica apreendeu 21 toneladas de sementes de forragem (azevém) por suspeita de certificação falsificada. As operação decorreu em três empresas portuguesas e as sementes eram produzidas na Polónia e expedidas posteriormente de Itália para o mercado nacional.

A ASAE adianta que a apreensão ocorreu na semana passada nas localidades de Vaiamonte e Elvas, no distrito de Portalegre, e na Malveira, distrito de Lisboa, tendo sido instaurados dois processos-crime por suspeita de falsificação da certificação obrigatória, no valor 21 mil euros.

«Foram apreendidos ainda os rótulos suspeitos de falsificação e colhidas amostras das sementes para efeitos de análise laboratorial», lê-se, num comunicado citado pela Lusa.

Na operação participaram também a Direção Geral de Alimentação e Veterinária e a Direção Regional de Agricultura e Pescas.