A PSP anunciou esta terça-feira a apreensão de 160 quilogramas de cobre durante uma ação policial de combate à compra e venda ilegal de metais não-preciosos, que decorreu na segunda-feira no bairro da Serafina, em Lisboa.

Durante a operação, que a PSP chamou de «Archimedes», a polícia deteve ainda um homem de 49 anos por ser o responsável pelo espaço onde o cobre estava armazenado.

As equipas de fiscalização inspecionavam um estabelecimento de restauração e de bebidas do bairro, cerca das 10:00 de segunda-feira, quando detetaram num pátio exterior contíguo «uma grande quantidade de cobre armazenado», descreveu a PSP, numa nota enviada à Lusa.

De acordo com a polícia, foram apreendidos 40 quilogramas de cobre limpo e 120 quilogramas de cobre por descarnar.

O homem identificado não conseguiu justificar a posse do cobre, acrescentou a PSP, que remeteu o processo para a entidade responsável, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

A PSP recordou também que «a situação descrita constitui contraordenação grave, punível com coima de 2.000 a 10.000 euros».

Ao todo, a PSP apreendeu cerca de 400 quilogramas de metais não preciosos, na maioria cobre, e realizou 12 detenções no decorrer de uma operação nacional que envolveu 900 agentes.

Das mais de 150 ações efetuadas, 60 abrangeram sucateiras, refere uma informação da Polícia de Segurança Pública hoje divulgada que acrescenta terem sido apreendidos 306 quilogramas de cobre.

A operação policial, chamada Archimedes realizou-se na segunda-feira, durante todo o dia, e resultou também na identificação de 179 indivíduos, além das 12 detenções.

Uma fiscalização rodoviária, integrada na operação, permitiu detetar cerca de 300 infrações ao Código da Estrada, fiscalizar 71 viaturas e submeter 611 condutores ao teste de alcoolemia, acrescenta a informação.

O objetivo da operação foi «incidir num fenómeno criminal que representa já um volume de negócio considerável na economia paralela e no meio criminal: o furto e o roubo de metais não preciosos», explica a PSP.

Também a Guarda Nacional Republicana deteve uma pessoa e apreendeu 57 quilogramas de cobre durante a operação Europol, realizada em Portugal no domingo e na segunda-feira.