Portugal é o terceiro país de onde saem mais vezes o primeiro prémio do Euromilhões. No entanto, ficaram por reclamar, até hoje, cerca de noventa milhões de euros. São milhões de prémios ganhos, que os apostadores não levantaram.

De acordo, com o regulamento noventa dias após a data do concurso o prémio caduca. Quando isso acontece o valor reverte paras as instituições beneficiárias dos jogos sociais. 

No último ano, por semana, os portugueses apostaram vinte milhões de euros neste jogo.

Por cá já foram atribuídos 55 primeiros prémios e o maior foi de 190 milhões de euros.

Onze anos depois de ter aparecido, este é jogo que os portugueses mais gostam de apostar. Tanto que 64% da população tenta a sua sorte todas as semanas.

E para hoje há um superjackpot de cem milhões de euros.