Três viaturas e uma habitação em Camarate, Loures, ficaram este sábado de manhã danificadas depois de várias peças terem caído de um avião da TAP, quando o aparelho descolava com destino ao Brasil.

Em declarações à agência Lusa, fonte do comando de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) adiantou que foram recolhidas no local 30 peças, a maior das quais com cerca de quatro centímetros, depois de testemunhas terem dado conta do incidente junto da esquadra de Camarate.

A mesma fonte disse que, na sequência da queda das peças do avião da TAP, uma habitação ficou com os estores danificados. Acrescentou ainda que não houve registo de feridos, apenas danos materiais.

O repórter da TVI no local falou com uma popular que garantiu ter sido atingida por um objeto num ombro.

O incidente aconteceu por volta das 10:30 e, segundo fonte da TAP contactada pela Lusa, envolveu um Airbus 330 com 268 pessoas a bordo que seguiam com destino ao Brasil.

A mesma fonte da TAP disse também que o avião teve um problema num reator e que o aparelho foi entregue às equipas de manutenção, estando imobilizado para ser avaliado e reparado.

Afirmando que o avião aterrou no aeroporto da Portela por volta das 11:30 e que «tudo correu bem na aterragem», a mesma fonte disse que a companhia aérea está agora a procurar «a solução mais rápida» para levar os passageiros a São Paulo.