As buscas para encontrar os dois homens que desapareceram sábado quando apanhavam amêijoa no rio Tejo, no concelho do Barreiro, foram retomadas por volta das 08:00, de acordo com as declarações de uma fonte da Polícia Marítima à agência Lusa.

De acordo com a mesma fonte, vão participar nas buscas embarcações da Polícia Marítima e equipas em terra.

Na segunda-feira, a área das buscas para encontrar os dois homens que desapareceram quando apanhavam amêijoa no rio Tejo, Barreiro, foi alargada até Alhandra, Vila Franca de Xira.

O comandante Cruz Gomes, da Capitania do Porto de Lisboa, disse na segunda-feira que a área de atuação decorre entre a Trafaria, distrito de Setúbal, e Alhandra, no concelho de Vila Franca de Xira, distrito de Lisboa.

O alerta do desaparecimento de três homens com idades compreendidas entre os 47 e os 53 anos, que apanhavam amêijoa no rio Tejo, na praia Norte 2, frente ao Clube Náutico do Barreiro, distrito de Setúbal, foi dado pelas 12:30 de sábado.

Cercas das 17:30 foi encontrado um corpo na Ponta dos Corvos, concelho do Seixal, tendo as buscas sido interrompidas cerca das 19:30 de sábado e retomadas domingo de manhã.

Nas buscas esteve envolvido, além de meios e elementos da Polícia Marítima, um helicóptero da Força Aérea portuguesa.