A açoriana Angra do Heroísmo, património da UNESCO, tem várias placas bilingues espalhadas pela cidade, mas, algumas estão a gerar polémica.

São os casos, por exemplo, de "Straight Street", que é Rua Direita, e "Top of the Holes" que é o Alto das Covas. O DN dá mais um exemplo: “a troca de uma letra fez também com que Pêro Anes do Canto passe de enterrado (em português) a internado (em inglês) na Sé Catedral”.

A autarquia já desdramatizou as críticas, dizendo que são poucos os casos em que as traduções estão mal feitas e que estas placas vão ser substituídas.

O DN acrescenta que as placas vão estar acompanhadas de um “código QR”, de modo a permitir a um utilizador de smartphone aceder a informação mais detalhada sobre o tema.

O centro histórico de Angra do Heroísmo, na Ilha Terceira, faz parte da lista do Património Mundial da UNESCO desde 1983, e é, por isso, um local turístico por excelência.